Costumo dizer que escrever é costurar palavras. É juntá-las aos seus pares de forma que o texto se torne interessante ao leitor. Mágico, envolvente, arrebatador.
De todas as artes, imagino que a literatura seja a que possui as ferramentas mais fáceis e acessíveis para se trabalhar. Afinal, as palavras estão todas aí. Você não precisa inventá-las. Não há que se preocupar em criar uma nova forma para se dizer absolutamente nada. Basta juntar as palavras umas às outra com um pequeno espaço entre elas. Pronto!
Parece simples, não?
Sabemos que não é.
Há que se escrever e escrever e escrever e escrever até sentir que o texto está bom.
Até perceber que atingiu aquilo a que se propôs.
É trabalhoso. É árduo. É excitante.
Mas o resultado, na maioria das vezes, é recompensador.
Experimente costurar palavras.
Você pode se descobrir um estilista de mão cheia!

Similar Posts

Leave a reply

required*